Archive for the ‘Uncategorized’ category

Zona azul ainda sem prazo

28/08/2011

Fonte: Portal A Critica

A quase três meses do prazo de implantação, segundo previsão do Instituto de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans), o projeto Zona Azul, que visa ordenar e melhorar o trânsito da cidade, delegando à administração de vagas, em via pública, à iniciativa privada, ainda não concluiu o processo de licitação. Por conta disso, novo prazo será definido, já que o procedimento para definir detalhes do projeto deverá ser concluído dentro de dois meses.

Inicialmente, a expectativa é de que ele seja implantado no Centro da cidade e no bairro Vieiralves, na Zona Centro Sul de Manaus. Estima-se que, apenas na área central, serão criadas, aproximadamente, 30 mil vagas. Atualmente exploradas comercialmente por “flanelinhas”, as vagas passarão a ser administradas pela empresa que ganhar a licitação.

O valor da tarifa de estacionamento que o condutor deverá pagar à empresa administradora, caso estacione nas ruas cobertas pelo Zona Azul, também não foi definido. A equipe de engenharia, fiscalização e monitoramento do instituto deve apresentar a prospecção com o edital, dentro de dois meses.

O Manaustrans informou, ainda, que deverá privilegiar a taxa ao menor custo possível para o motorista.

Certo até o momento é que a empresa vencedora será responsável pela sinalização, manutenção, cobrança e segurança da área em questão e dos veículos que estacionarem na Zona Azul. A contrapartida do serviço de exploração será o investimento na melhoria da estrutura do Manaustrans.

De acordo com o órgão, o objetivo é dar celeridade ao processo para que o projeto contemple o período natalino, quando o Centro da cidade sofre um inchaço natural de veículos e pessoas devido as compras de final de ano.

A licitação será realizada pela Prefeitura de Manaus e será aberta a empresas de todo o País. Ainda segundo o Manaustrans, os 300 agentes que reforçarão a fiscalização do órgão já estarão em operação quando o sistema for implantado. Atualmente, o instituto conta com 80 agentes, número insuficiente para atender as principais vias da cidade. Em horário de pico, por exemplo, o órgão tem apenas 25 agentes para atender os gargalos de trânsito em Manaus. Com a entrada de novos agentes, o número subirá para 190, no mesmo horário.

Anúncios

Complexo viário interditado a partir de sexta-feira

16/06/2011

A partir de 23h, desta sexta-feira (17), o acesso às passagens subterrâneas do Complexo Viário Gilberto Mestrinho será interrompido pela Prefeitura de Manaus para a execução de serviço de manutenção na calha central da trincheira. A previsão é de que na madrugada de segunda-feira (20) os trabalhos sejam concluídos e o trânsito volte a normalidade..

Enquanto isso, os condutores que vierem da avenida Rodrigo Otávio em direção as avenidas Ephigênio Salles ou André Araújo deverão utilizar a rotatória. Agentes de trânsito do Manaustrans estarão presentes no local durante toda a operação. O serviço também será fiscalizado por engenheiros da Secretaria Municipal de Infraestrutura (SEMINF).

INTERDIÇÃO NA ZONA LESTE É ADIADA

05/05/2011

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) informa que não ocorrerão as interdições no trecho da Avenida Cosme Ferreira, próximo as obras do Complexo Viário do São José, que seriam realizadas nessa sexta-feira (06) e sábado (07).

As interdições seriam necessárias para a colocação das duas primeiras etapas de lançamento das vigas pré-moldadas do viaduto. O guincho, que seria utilizado para retirar peças de concreto da carreta e içar no local das obras, não está disponível para realizar o processo nesta semana.

O equipamento é fundamental para o içamento das vigas que medem  6 metros e 12 metros. O serviço foi transferido para o dias 13 e 14 (sexta-feira e sábado).

Interdição na Autaz Mirim deve durar uma semana

10/04/2011

A interdição de um dos trechos da área onde a Prefeitura da Capital constrói o Sistema Viário do São José, na zona leste de Manaus, para obras de terraplanagem, que deveria durar três dias, foi ampliada para mais uma semana. A informação foi confirmada neste sábado, pelo secretário municipal da Infraestrutura, Américo Gorayeb.

O secretário alerta que os motoristas que trafegam pelo bairro devem ficar atentos para as mudanças que começaram neste sábado, 9,  ao dia 12 deste mês. A maior preocupação de Gorayeb é com o aumento do fluxo do trânsito no início da semana, mas ele informa que homens da Superintendência de Transito e Engenharia de Tráfego(Manaustrans) estarão no local.

Segundo a Secretaria Municipal da Infraestrutura(Seinf), a ampliação do tempo de interndição do trecho da Avenida Autaz Mirim, sentido Distrito Industrial para a rotatória do São José, é para a conclusão de serviços de terraplanagem e pavimentação da nova rotatória.

A Seinf informa que, no local foi construída uma laje que deve ser utilizada pelos motoristas quando os trabalhos estiverem sendo concentrados na bola. Com isso a rotatória passa a ter um formato oval.

O mesmo serviço já foi realizado no trecho ao lado da maternidade Ana Braga, porém não houve necessidade de intervenção completa.Além desse serviço, os trabalhos de colocação de estacas da trincheira, blocos e pilares dos blocos continuam sendo executados e a colação das estacas dos pilares já foi concluída.

Durante os dias de interdição do trecho, em frente à garagem da Filial da Transmanaus, empresa Transportes São José, quem estiver vindo do Distrito Industrial e quiser seguir para os bairros Zumbi ou São José, deve utilizar a rota alternativa que passa pelo bairro Armando Mendes.

Para chegar ao Zumbi, o condutor deverá entrar à direita na rua das Palmeiras, localizada após a entrada principal do bairro Armando Mendes, depois à esquerda na Rua Bom Jesus, ao lado do condomínio Barcelona, para chegar a Alameda Cosme Ferreira, próximo ao 9º Distrito Integrado da Polícia(DIP).

Se o destino for o bairro São José, os motoristas podem seguir em direção à rotatória para acessar a Autaz Mirim ou utilizar a Rua Villar Fiúza para chegar às proximidades da Escola de Samba Grande Família.

Agentes de trânsito acompanharão a interdição para orientar e garantir a segurança de condutores e pedestres. Todas as vias que vão servir como opção de desvio e vão ser sinalizadas com placas de orientação.

MPF ameaça anular licitação do monotrilho

10/03/2011

O Ministério Público Federal no Amazonas (MPF/AM) divulgou nota à imprensa, nesta quinta-feira (10), onde diz ter embasamento para anular a concorrência pública aberta pelo Governo do Estado para a construção do Monotrilho.

“Diante da insistência dos gestores públicos em descumprir a recomendação e seguir com o processo de licitação para o monotrilho, o MPF/AM destaca que o projeto básico da obra não atende a vários requisitos da Lei de Licitações (Lei 8.666/93), o que implica na nulidade da concorrência pública, ainda que o processo seja concluído. A própria coordenação da Unidade Gestora da Copa reconheceu, em entrevista à imprensa, que os estudos de viabilidade econômico-financeira ainda estão em curso, fato que reforça as deficiências do projeto básico do monotrilho e que justificam o pedido de cancelamento da licitação e a recomendação para que a Caixa Econômica Federal não aprove o financiamento para a obra”, diz o órgão ministerial em nota.

Segundo o MPF/AM, a inviabilidade do modelo e as irregularidades no projeto apresentado foram atestadas pela Controladoria Geral da União (CGU) e pela área técnica do Tribunal de Contas da União (TCU), órgãos de controle federais.

 

Tais recomendações foram feitas pelo MPF ao Governo do Estado, à Unidade Gestora da Copa 2014 e à Caixa Econômica Federal (CEF).

Por fim, o MPF/AM alertou que o prazo para o cumprimento dos itens da recomendação e o envio de resposta termina após o prazo de 20 dias

concedido ao Estado do Amazonas e à Caixa Econômica Federal. A partir desta data, o eventual descumprimento acarretará em novas medidas a serem adotadas pelo MPF e pelo Ministério Público Estadual (MPE).

Trinta câmeras monitoram trânsito de Manaus

06/02/2011

 

Texto e foto: Álisson Castro

O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) inaugurou na sexta-feira, 4,  o Centro de Controle Operacional (CCO), localizado na Avenida Darcy Vargas, zona centro-sul.

O CCO opera com 30 câmeras espalhadas em diversas zonas da cidade para monitorar a fluidez do trânsito e, em casos de ocorrências, deslocar agentes de trânsito para o local. O órgão utiliza 9 câmeras próprias do instituto e 21 do  Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

Segundo o prefeito Amazonino Mendes, o CCO vai melhorar e ajudar o serviço do Disk Trânsito (0800 092 11 88). O sistema de telefonia, criado no dia 14 de Janeiro, recebe uma média de 90 ligações por dia relacionadas a acidentes de trânsito, problemas com semáforo, obstáculos nas vias e estacionamento irregular. Em 2011, mais de 700 denúncias já foram recebidas por meio do serviço.

De  acordo com o diretor-presidente do Manaustrans, Walter Cruz, o CCO irá reunir todas as informações sobre o trânsito da cidade, processá-las e oferecer  aos motoristas melhores informação e serviços. “Teremos uma visualização mais rápida dos problemas no trânsito da cidade. Este sistema vai preparar a cidade não apenas para a Copa do Mundo (de Futebol) mas para os próximos vinte anos também”, ressaltou.

Além do CCO, o Manautrans também irá utilizar redes sócias na internet para interagir com os condutores. “Será oferecido informação sobre o trânsito em tempo real. Para isto usaremos também o Facebook e o Twitter.”, frisou Cruz.

Transito modificado no bairro São José

08/01/2011

A partir das 7h da próxima segunda-feira (10), o trânsito de um trecho da alameda Cosme Ferreira será modificado em virtude das obras do Complexo Viário do São José, local onde atualmente está a rotatória do bairro. Para a colocação de estacas dos pilares do viaduto que comporá o futuro complexo, a circulação de veículos será reduzida a uma faixa, em ambos os sentidos – ao lado do Terminal 5 (T5).

Segundo informações da Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), fôlderes sugerindo rotas alternativas serão distribuídos aos condutores que trafegarem pela via nesse período de obras. A expectativa é de que o Complexo Viário do São José seja finalizado até setembro deste ano.

Rotas alternativas:

Origem: avenida Autaz Mirim pelo Distrito Industrial

Destino: bairro Zumbi

Sugestão: entrada à direita na rua das Palmeiras, localizada após a entrada principal do bairro Armando Mendes, e depois à esquerda na rua Bom Jesus, ao lado do condomínio Barcelona, para chegar à Alameda Cosme Ferreira, próximo ao 9º DIP (Distrito Integrado da Polícia).

[Origem: –

Destino: Armando Mendes

Sugestão: utilização da rua Villar Fiúza, no lado oposto à Escola de Samba Grande Família, para chegar à Alameda Cosme Ferreira, no Zumbi. Depois, acessar a rua Bom Jesus, em seguida a rua das Palmeiras e chegar à Autaz Mirim pelo bairro Armando Mendes.

Origem: Zona Leste

Destino: locais depois do congestionamento

Sugestão: utilizar a rotatória em frente à Escola de Samba Grande Família e seguir pela rua Careiro, paralela à Autaz Mirim, e depois percorrer as ruas Villar Fiúza e A, que fica ao lado do Hospital João Lúcio, chegando à Alameda Cosme Ferreira.