Trânsito no Amazonas matou 3.392 pessoas em nove anos, revela pesquisa

Álisson Castro, para o portal D24AM

Nos últimos nove anos as mortes em acidentes de trânsito no Amazonas cresceram 55%, índice superior à média nacional que ficou em 24%, segundo dados divulgados, ontem, pelo Ministério da Saúde (MS), que alerta para uma ‘epidemia’ de lesões e óbitos nas ruas e estradas do Brasil. Entre 2002 e 2010, o trânsito no Estado provocou a morte de 3.392 pessoas.  Em todo o País foram 327.242 mortes.

Em 2010 foram 474 mortes causadas por acidentes de trânsito no Amazonas. O número foi 26% superior ao ano anterior, quando o trânsito fez 375 vítimas fatais.

De acordo com o MS, as ocorrências de óbitos com o envolvimento de motocicletas representaram 19% das vítimas fatais no Amazonas em 2010. Índice abaixo da média nacional em que chegou a 25%. Em nove anos, os acidentes de motocicletas no Estado foram responsáveis por 637 mortes.

De acordo com o Sistema de Informação de Mortalidade (SIM), em relação aos anos de 2002 e 2010 o número total de mortes por acidentes com transporte terrestre no País cresceu 24%: passou de 32.753 (em 2002) para 40.610  (em 2010). Entre as regiões, o maior percentual de aumento  foi registrado no Norte (53%), seguido do Nordeste (48%), Centro-Oeste (22%), Sul (17%) e Sudeste (10%).

Samu

De acordo com o diretor-geral do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Rui Abrahim, nos últimos anos aumentou o número de vítimas de acidentes de trânsito com alta complexidade e com várias fraturas no Estado.

Segundo ele, em 70% dos acidentes de trânsito, há o envolvimento de álcool. “As pessoas insistem em agir de forma irresponsável ao dirigir embriagado. Quando as pessoas bebem, raramente usam o cinto e, muitas vezes, dirigem em alta velocidade, provocando  acidentes mais graves”, alertou.

Para Abrahim, a falta de air-bag nos carros nacionais é outra causa de vítimas fatais no trânsito. “Em outros países o air-bag é um acessório obrigatório em todos os veículos. Por que não  acontece o mesmo aqui no Brasil? Apenas em carros de luxo e importados o equipamento é encontrado, enquanto nos carros nacionais ele é item opcional. O uso de air-bag evitaria traumatismos sérios nos acidentes e sua instalação obrigatória nos veículos nacionais iria reduzir drasticamente  as mortes no trânsito”, ressaltou.

Quanto aos acidentes com motocicletas, o diretor-geral do Samu voltou a responsabilizar os condutores. “Na maioria dos atendimentos feitos em acidentes de motocicletas, encontramos os condutores alcoolizados e sem usar o capacete. Isto é praticamente suicídio”, frisou.

Acidentes

Nos últimos cinco meses, os acidentes de trânsito representaram 22% do total de atendimentos realizados pelo Samu. Entre junho e outubro de 2010, o serviço realizou 17.980 remoções, sendo 3.993 vítimas de acidentes de trânsito, divididas em 797 vítimas de atropelamentos e 3.196 pessoas atendidas em consequência de colisões.

O número de atendimentos de vítimas de acidentes de trânsito em Manaus supera em número as vítimas de agressões física, ferimentos de arma branca além de ferimentos de armas de fogo. Estes três tipos de agressões totalizaram 2.313 remoções feitas pelo Samu entre junho e outubro deste ano, índice superado em  42% pelas vítimas de acidentes de trânsito na capital amazonense.

Explore posts in the same categories: Reportagens

One Comment em “Trânsito no Amazonas matou 3.392 pessoas em nove anos, revela pesquisa”


  1. Essas estatísticas so provam o que sabemos a decadas: o sistema de liberação de carteiras de motoristas precisa ser reformulado urgentemente. Não adianta o motorista apenas pagar as taxas basicas e assistir a palestras de transito sem compromisso e ter que fantasiar avaliações psicologicas que nao levam a nada.
    Em Manaus se ve de forma grassante que quem tem dinheiro compra o melhor dos automoveis mas nao investe em direção defensiva ou regras de trânsito ou noções de direito civil para saber avaliar o real alcance das responsabilidades legais de tanto irresponsabilidade no transito.

    Dizer que nao é isso é ser pueril com tal arma de mais de 1 tonelada nas mãos de pessoas desequilibradas e sem noção de segurança para com qualquer pedestre ou desavisado que cruze o seu caminho,

    Fingir que tudo é meticulasamente avaliado e brincar com o senso critico de milhoes de motoristas que dirigem e de pedestres que so servem de alvo para esses assassinos com carteira de motoristas.

    Os orgao de transito falseiam e levam a pagode todo cidadao que é acidentado quando diz que tem tudo sob seu controle

    Me conta uma historia da Carochinha que te digo se isso é verdadeiro ou não..

    As leis de transito precisam mudar e a real ficalização deveria ser uma realidade nao um faz de conta como tem acontecido nesses ultimos 40 anos.

    Fingir que os orgao de transito fiscalizam é uma falacia e tambme fingir que quem tira carteira de motorista segue as normas técnicas de segurança idem tambem .

    Me conta outra historia!!!!!!!

    Paulo Menezes


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: