Alunos cobram respeito a faixa de pedestre

Fonte: Portal D24AM

Alunos do Centro de Ensino Alonso Souza, instituição particular localizada na avenida Tefé, no bairro do Japiim, zona sul de Manaus, realizaram na manhã desta sexta-feira, dia 23, uma mobilização para conscientização no trânsito. A manifestação aproveitou a Semana Nacional de Trânsito, que acontece entre 18 e 25 de setembro.

Cerca de cem alunos do 2­º ao 9º ano pararam os motoristas na faixa de pedreste em frente a escola, e com com faixas contendo mensagens de protesto, faziam pequenas apresentações de como o motorista deve se comportar no trânsito. Além de entregar panfletos informativos sobre a campanha “Tô na Faixa”, realizada pela Prefeitura de Manaus

Dar preferência ao pedestre na faixa é lei. Porém a maioria dos motoristas não respeitam pedestres, segundo  Marilene Fernandes, 40, coordenadora da escola. “Tivemos que contratar um homem treinado pela escola de trânsito para ficar em frente a instituição nos horários de entrada e saída das crianças, pois os motoristas não respeitam a faixa. Muitos acidentes já aconteceram no local”, comentou.

A diretora da escola, Marliete Macedo, 63, afirma que a mobilização é realizada todos os anos, mas que nem por isso providências foram tomadas pelas autoridades. “Solicitamos hoje a presença de agentes de trânsito e eles não vieram, mas mesmo assim resolvemos fazer o protesto. Os alunos estavam esperando por isso”, afirmou Marliete.

Segundo o aluno Kalel Silva, as crianças se sentem ameaçadas na hora de atravessar a rua. “É muito perigoso. Por exemplo, agora no protesto, teve um homem que buzinou muito pra sairmos da frente do carro”, lamentou Kalelb, de 11 anos.

O funcionário contratado pela escola  para ser o “guardinha de trânsito”, Elizeu Soares, 29, contou que mesmo com a sua presença na rua, muitos motoristas não param para os pedestres atravessarem.”Alguns reclamam, e até xingam. Mas tem também existe os que param educadamente para as crianças passarem”. Elizeu lamenta também a falta da fiscalização de velocidade máxima na rua da escola.

Segundo a assessoria  do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), no momento. é impossível colocar um radar eletrônico no local, pois a rua não tem estrutura suficiente para a instalação do mesmo. Entretanto, a Manaustrans já está providenciando uma equipe de engenharia  para fazer um estudo técnico do local, a fim de instalar semafóros na avenida.

É dever do motorista reduzir a velocidade próximo a faixa; parar antes da faixa quando o pedestre pedir e esperar o pedestre concluir a travessia mesmo que ocorra sinal verde, segundo o Código de Trânsito Brasileir (CTB). Ainda de acordo com o CTB, ameaçar o pedestre é uma infração gravíssima. A multa para quem não dá passagem para o pedestre na faixa é de R$ 191,54 e o motorista ainda perde 7 pontos na carteira.

Explore posts in the same categories: Imprensa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: