Zona azul ainda sem prazo

Fonte: Portal A Critica

A quase três meses do prazo de implantação, segundo previsão do Instituto de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans), o projeto Zona Azul, que visa ordenar e melhorar o trânsito da cidade, delegando à administração de vagas, em via pública, à iniciativa privada, ainda não concluiu o processo de licitação. Por conta disso, novo prazo será definido, já que o procedimento para definir detalhes do projeto deverá ser concluído dentro de dois meses.

Inicialmente, a expectativa é de que ele seja implantado no Centro da cidade e no bairro Vieiralves, na Zona Centro Sul de Manaus. Estima-se que, apenas na área central, serão criadas, aproximadamente, 30 mil vagas. Atualmente exploradas comercialmente por “flanelinhas”, as vagas passarão a ser administradas pela empresa que ganhar a licitação.

O valor da tarifa de estacionamento que o condutor deverá pagar à empresa administradora, caso estacione nas ruas cobertas pelo Zona Azul, também não foi definido. A equipe de engenharia, fiscalização e monitoramento do instituto deve apresentar a prospecção com o edital, dentro de dois meses.

O Manaustrans informou, ainda, que deverá privilegiar a taxa ao menor custo possível para o motorista.

Certo até o momento é que a empresa vencedora será responsável pela sinalização, manutenção, cobrança e segurança da área em questão e dos veículos que estacionarem na Zona Azul. A contrapartida do serviço de exploração será o investimento na melhoria da estrutura do Manaustrans.

De acordo com o órgão, o objetivo é dar celeridade ao processo para que o projeto contemple o período natalino, quando o Centro da cidade sofre um inchaço natural de veículos e pessoas devido as compras de final de ano.

A licitação será realizada pela Prefeitura de Manaus e será aberta a empresas de todo o País. Ainda segundo o Manaustrans, os 300 agentes que reforçarão a fiscalização do órgão já estarão em operação quando o sistema for implantado. Atualmente, o instituto conta com 80 agentes, número insuficiente para atender as principais vias da cidade. Em horário de pico, por exemplo, o órgão tem apenas 25 agentes para atender os gargalos de trânsito em Manaus. Com a entrada de novos agentes, o número subirá para 190, no mesmo horário.

Explore posts in the same categories: Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: