Projeto quer evitar que obesos passem pela catraca dos ônibus

Portal d24am

Tramita na Comissão de Finanças da Câmara Municipal de Manaus (CMM) o Projeto de Lei (PL) 145/2009, que desobriga passageiros obesos do transporte coletivo da cidade a utilizarem a catraca dos ônibus. A lei, que não dispensa o pagamento da tarifa, quer livrar as pessoas que estão acima do peso de constrangimentos, quando estas precisam usar o transporte público, explicou o autor do PL, o vereador Doutor Denis (PTB).

“Quando eu era universitário, passava por muito constrangimento ao tentar passar na catraca e ficar imprensado. Sem falar nos comentários e nas piadinhas dos outros passageiros e cobradores. A lei vai beneficiar muitas pessoas, existem muitos obesos na cidade”, disse o vereador.

Os dados mais recentes divulgados pelo Ministério da Saúde (MS) revelaram que aumentou a parcela da população residente em Manaus que está acima do peso ideal ou que é obesa. O percentual de pessoas com sobrepeso cresceu de 45% para 50% e o de obesos passou de 15% para 18%, segundo o levantamento ‘Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico’ (Vigitel 2010), divulgado no mês de abril deste ano.

A secretária Alcimara Barros, 25, disse que, no mês passado, ficou constrangida quando não conseguiu passar pela catraca de um ônibus que faz a linha Núcleo 15/Terminal 3, no bairro Cidade Nova, zona norte. “Não consegui passar e o cobrador disse para eu ter pressa. O ônibus estava lotado e as pessoas ficaram olhando. Uma delas, uma idosa, chegou a dizer que as pessoas como eu sempre passam por isso”, contou.

O PL estabelece que logo depois de embarcar no ônibus, a pessoa obesa deve se dirigir até o cobrador e informar que não deseja passar pela catraca, pagar o valor da tarifa e acompanhar a passagem ser computada e o giro da catraca pelo cobrador. Estabelece, ainda, que não deverá haver restrições quanto ao número de passageiros obesos por veículos.

O PL já foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça da CMM e, depois de passar pela Comissão de Finanças, deve seguir para a sanção do prefeito Amazonino Mendes, quando será regulamentado.

Anúncios
Explore posts in the same categories: Imprensa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: