Grito dos Excluídos reúne multidão na zona norte

Texto e fotos: Álisson Castro

Entidades representativas e ligadas a  igreja Católica realizaram na tarde de hoje o 16º Grito dos Excluídos co o tema “Vida em primeiro lugar” e com o lema “Onde estão os nossos direitos” . Em Manaus, o Grito também abordou os serviços de transporte público e saúde, além de meio ambiente através do movimento SOS Encontro das Águas.  A concentração ocorreu ao lado do Terminal de Integração 3 no bairro Cidade Nova, zona norte por volta de  15h.

Durante a manifestação, os militantes também puderam participar de um plebiscito sobre  a reforma agrária. Os votantes opinaram se as áreas de propriedade devem ser tamanho limitado para favorecer a distribuição das terras. Para padre  Alcimar Araújo , um dos organizadores do evento, a falta da reforma agrária causa conflitos no campo,  êxodo rural  e fome . Alcimar destaca a aprovação da Lei da Ficha Limpa que barra a participação em eleições de candidatos que possuam condenação na justiça. “Este é um instrumento importante para se evitar que a política sirva de escudo para corruptos, traficantes e pessoa envolvidas em crimes hediondos”, ressaltou o padre.

Participou do Grito dos Excluídos em Manaus, o  presidente da Cáritas do Brasil, padre Luiz Demétrio Valentini. Ele falou sobre a importância do evento. “É a forma que encontramos para celebrar o dia da pátria de uma forma diferente, que não veja apenas vendo militares desfilando. O povo precisa se tornar protagonista de sua própria inclusão social,econômica e política”, explicou.

Agentes de trânsito acompanharam o evento e orientaram o trânsito durante a passeata.

Por volta de 16h30m, teve início uma passeata até a Igreja São Bento, no Riacho Doce, zona norte, próximo ao Centro de Convivência da Família da Cidade Nova. No trajeto, foram feita duas paradas para encenações sobre temas sociais. A primeira parada foi em frente a um banco, na avenida Noel Nutels e a segunda em frente a um supermercado na mesma avenida. Por volta de 18h30m houve o encerramento do evento com uma apresentação teatral realizada por membros da Pastoral de Juventude (PJ) da área missionária do bairro Tarumã.

Apresentação da Pastoral da Juventude (PJ) encerrou o evento.

Explore posts in the same categories: Reportagens

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: