Melhorar como?

Promessas, promessas e promessas. De concreto, absolutamente nada.

O Prefeito Amazonino Mendes nunca escondeu que não gosta de servidor público. Na reunião de terça-feira (19/05), no auditório da PMM, expôs para quem quisesse ouvir, que servidor público não trabalha, que ganha para não fazer nada, numa clara demonstração de falta de respeito com os servidores públicos.

Sem contextualizar todas as secretarias, tomamos apenas duas imagens para retratar a realidade de apenas uma da qual o SINDTRAN é representante dos trabalhadores: o IMTT. A imagem acima diz muita coisa: motocicletas sucateadas, sem equipamentos, com pneus “carecas”, inoperantes. Sem veículos para dar mobilidade aos atendimentos às ocorrências de trânsito, como melhorar? Como dar segurança aos profissionais do trânsito? Como melhorar um serviço essencial para a qualidade de vida aos habitantes da cidade?

Essa imagem mostra as instalações de trabalho na base dos agentes de trânsito, no bairro da Aparecida. Armários sujos, empenados e quebrados. Baldes para “aparar” goteiras dos condicionadores de ar dentro dos setores, frigobar em cima de estantes de documentos, potes, vasilhames de café e muita fiação, seja de rádio ou elétrico, na sala destinada a atender todas as demandas da cidade. Como estimular os profissionais públicos a desenvolverem plenamente suas atividades?

É uma tarefa árdua mudar o atual cenário que se encontra o setor de trânsito do IMTT. Ainda mais quanto se tem um secretario que nunca foi conhecer as instalações do Instituto que administra. E o Prefeito, na reunião, afirmou que mudará este quadro. Será que conseguirá?

Pela trajetória que tem com os servidores públicos, é bem difícil mudar. Mas é pagar para ver?

Anúncios
Explore posts in the same categories: Reportagens

3 Comentários em “Melhorar como?”

  1. T.G. Silva Says:

    No mundo da realidade, as fotografias que demonstram algumas das péssimas condições de trabalho encaradas pelos agentes de trânsito, beiram a “flashback”, pois até o momento, a única porta de saída chama-se PDV.
    “As batatas não falam”, lembram desta frase? Vejam o que mudou de melhor até os dias de hoje?
    Vamos continuar, nas esquinas, nas ruas a cumprir nossa missão. “Os homens passam, os cargos, ficam”.

  2. carvalho Says:

    Mentiras, mentiras e mais mentiras !!!!, quando vai acabar ?, eu pagava pra ver se o NEGÃO TINHA PEITO E CORAGEM PARA ACABAR COM O IMTT !!

    Vai já rejeitar a verba do IPVA que o municipio recebe !!, e mais, MOLE, MOLE !!!, SEM FAZER PRATICAMENTE NADA !!!!

  3. Rilson Says:

    Acabar com o IMTT? Não… Talvez tentar enfraquecer a categoria de agentes de trânsito legalmente constituida passando para a sociedade a imagem de um grupo desnecessário para então piratear o serviço. Acabar com os agentes de trânsito só mesmo passando por cima da Constituição. O NEGÃO NÃO TEM MESMO PEITO PARA ISSO!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: