Greve está suspensa

Hoje por volta de 5h da manhã, o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Josildo de Oliveira, acatou liminar na justiça do trabalho e suspende a paralisação no sistema de transporte programada para acontecer hoje.

No documento, o sindicato é informado que o prazo de 72 horas para comunicar com antecedência sobre a paralisação ao Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetram) não foi cumprido pela entidade. Josildo nega a possível irregularidade. ” Nossa assembléia para decidir sobre a greve foi realizada na segunda-feira”, retruca o sindicalista. De acordo com a liminar, este prazo regulamentar expira ainda hoje às 14h42m. A liminar determina ainda R$ 50 mil de multa por hora caso a greve seja mantida antes do horário determinado.

O Sindicato dos Rodoviários promete recorrer e, caso não consiga caçar  a liminar até o horário determinado pela justiça, ainda hoje o movimento de paralisação irá acontecer à tarde no Centro da cidade.

O prazo para o dissídio coletivos dos Rodoviários encerra hoje. Os trabalhadores querem um reajuste salarial de 10%  além de plano odontológico e aumento do vale refeição para R$ 10, hoje o benefício é de R$ 6,20.

Por volta de 4h35m a empresa Transamazônia (antiga Eucatur), na zona norte da cidade, teve as atividade paralisadas por causa da ameaça  de greve. O próprio presidente do Sindicato dos Rodoviários estava  na porta da garagem. Pouco tempo depois Josildo recebeu a liminar e suspendeu o movimento de paralisação.

Anúncios
Explore posts in the same categories: Reportagens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: