Desculpa esfarrapada

Por Álisson Castro

As empresas de ônibus da cidade serão as únicas beneficiadas com uma possível interdição do Terminal 1, na Avenida Constantino Nery. O diretor-presidente do IMTT, Raphael Siqueira, afirmou ontem (05/01)à imprensa que o local não possui condições de higiene nem estrutura adequada para continuar operando.

Desde 2007, quando a integração temporal foi implementada no sistema de transporte urbano da cidade em dezembro de 2006, as empresas de ônibus tentam, de todas as formas, convencer o poder público a desativar os  Terminais de Integração. Manaus possui cinco terminais  instaladas em diversas áreas de cidade.

A idéia sempre foi rechaçada pelos administradores do, até então, IMTU. Para os usuários de transporte manterem o direito a integração entre linhas de ônibus,  seriam obrigadas a adquirir algum dos cartões Passa-Fácil (passe-estudantil, vale-transporte ou cartão cidadão).

Parece que agora as empresas vêem uma luz no fim do túnel com a atual gestão municipal de Amazonino Mendes. Crêem que este é o momento de conseguir tudo que sempre queria.

Vários fatores indicam que, se os terminais forem realmente desativados, os maiores prejudicados serão os usuários do transporte coletivo. Muitos ainda não possuem qualquer cartão que permita o uso da integração temporal. Um problema mais grave diz respeito ao sistema de integração apresentar, constatemente,  falhas na leitura dos cartões, impedndo que os usuários usem o benefício da integração temporal. O mais grave é saber que, quando isso acontece , o usuário não tem nenhum respaldo ou proteção que garanta o seu direito. Sendo obrigado a pagar mais uma passagem de ônibus. Isto viola qualquer princípio básico de direito adquirido: tem-se direito a um benefício e , quando por motivos alheios ao desejo do usuário, a empresa não pode oferecer um serviço adequado e, no final, o prejudicado ainda tem que pagar por ele. É um absurdo! Deveria haver alguma legislação que resguardasse o legítimo direito dos usuários do transporte. Por exemplo: se o direito de usar a integração temporal é negado ao usuário por uma falha no sistema, que ele não seja obrigado a pagar a passagem e sim, fazer a viajem gratuitamente.

Voltemos agora ao assunto inicial. Que os terminais são sujos, mal administrados e abandonados pela administração municipal, qualquer usuário do transporte público sabe. Ao tomar conhecimento destes fatos, por que  a prefeitura não toma providências para reverter este quadro? Por que punir a população tirando-lhes o direito de usar a integração? Por que tanta maldade?

Bem, para uma administração que limitou o uso de meia-passagens estudantis, obrigou os estudantes a enfrentar enormes filas para comprar  créditos de passagens e criou a taxa do lixo, fechar os terminais de integração é  fichinha.

Explore posts in the same categories: Opinião

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: