UM REVEILLON DE MUITO TRABALHO

Texto e fotos: Álisson Castro

Agentes de trânsito e fiscais de transportes passaram o reveillon na praia da Ponta Negra na cidade de Manaus….trabalhando. E muito. O local é um dos lugares mais procurados pelos manauaras para acompanhar a virada do ano. Ontem , Rita Lee comandou a festa da chegada de 2010. O que aquela multidão que prestigiou a festa pode não ter percebido foi a importância do trabalho dos agentes e dos fiscais para eles chegarem à praia da Ponta Negra. Quem veio de ônibus, contou com os fiscais de transportes para o cumprimento da frota de veículos de linhas especiais de diversos bairros. Quem veio de carro particular (e ônibus também) contou com os agentes de trânsito para a fluidez e ordenamento do trânsito nas proximidades da praia.

Os agentes de trânsito estavam em todas as vias onde havia necessidade de uma fiscalização mais intensa. A Avenida do Turismo e a Alasca foram as mais fiscalizadas e, também, onde houve mais notificações. Segundo um dos agentes de trânsito, o maior problema foi a quantidade do contingente. Cerca de 40 agentes trabalhavam no local. Um número reduzido, levando-se em conta a complexidade da operação.

Entre motos e veículos, os agentes fizeram o possível para a ordenação do tráfego. Seja em cruzamentos ou intervenção de algumas ruas.

Os fiscais de transportes concentraram-se no trecho conhecido como “trevo” (cruzamento entre a Avenida do Turismo e a Estrada do Ponta Negra). Os ônibus estavam estacionados próximo ao local.

Fiscais em breve momento de descontração antes de pegar no batente

E como será trabalhar quando todos estão ali para se divertir? Bem, eu já senti isto na pele, quando trabalhei em reveillons anos atrás. Sobre isto conversamos com dois profissionais:

” Trabalhar no reveillon é, de certa forma, prazeroso, pois, ajudamos as pessoas a comemorar o ano novo. A maior dificuldade são os condutores que bebem além da conta. Infelizmente, isto é comum acontecer”. Richard, agente de Trânsito.

“É muito trabalhoso. Conforme vai se aproximando a meia-noite a fluidez do trânsito fica mais difícil por causa da quantidade de veículos aqui na Ponta Negra”. Jonas Cavalcante, fiscal de transporte.

Anúncios
Explore posts in the same categories: Reportagens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: